O diretor de relações internacionais da  Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e coordenador executivo do Parque Tecnológico de São José dos Campos, Rodrigo Mendes, esteve na VIAMAKER® Education para comentar sobre empreendedorismo, inovação e internacionalização de empresas no Brasil.  

Ao lado de Paulo Camargo, diretor de inovação da VIAMAKER®, Rodrigo, que trabalha com empreendedorismo há 10 anos, trouxe dados do Global Entrepreneurship Monitor (GEM), principal estudo sobre empreendedorismo e inovação no mundo.

De acordo com o estudo, de 54 países pesquisados, o Brasil ficou em 48º lugar com relação a taxa de atividade empreendedora. O estudo completo pode ser conferido em https://www.gemconsortium.org/report/gem-2018-2019-global-report .

Segundo Rodrigo, a solução para que esse quadro se reverta está na educação. “O primeiro degrau é a educação. Depois, a cultura, a ciência, a tecnologia e, por fim, a inovação”, explicou.

O especialista aponta que esses fatores são essenciais para gerar mais negócios. Além disso, é comum citarmos países desenvolvidos, porém, não analisar a trajetória pela qual esses países passaram para chegar até o referido desenvolvimento.

Outro fator que teria influenciado nesse resultado é a falta de internacionalização de empresas brasileiras, ou seja, atuar somente no mercado nacional.

Compartilhe nosso post 🙂