• Whatsapp
  • Dia das Mães: Ser “mãe maker” é incentivar ainda mais o aprendizado do estudante

    Neste Dia das Mães a VIAMAKER® Education homenageia todas as mães, familiares e responsáveis que desempenham esse importante papel. Mas afinal, você sabe o que é ser uma “mãe maker”? Calma, vamos explicar!

    Quem desempenha muito bem esse trabalho é a professora de educação física Christiane de Melo Chinelate, mãe da Isabella, de 5 anos, estudante do Núcleo Educacional Mariana Ribeiro, parceiro VIAMAKER® Education em Jacareí. A pequena Bella, como é chamada carinhosamente pela mãe, está no 1º ano do ensino fundamental e tem se mostrado uma ótima aluna.

    “Nossa casa é decorada pela Bella. Esse avanço dela na escola se deve sim pela participação de um adulto, seja do pai ou da mãe”, completou a professora de educação física.

    Segundo Christiane, Bella já sabe ler e escrever. E nessa conquista da filha o papel de “maker” da mãe foi fundamental. Assim que a pequena entrou no período de alfabetização a mãe tratou de colocar a mão na massa. Ela recortou as letras do alfabeto e espalhou por toda a casa, uma forma de mostrar que aprender é e pode ser divertido sim. 

    A necessidade de se manter em quarentena por causa do momento atual alterou a rotina escolar dos alunos, situação que evidenciou os papéis das mães makers dentro de casa. Se antes acompanhar a Bella já fazia parte da rotina, neste momento é a nossa principal missão.

    Núcleo Educacional Mariana Ribeiro, além de toda sua estrutura completa, oferece também o aplicativo ClubeMAKER® para potencializar as aulas de robótica do programa de educação tecnológica Astromaker que trabalham as competências do século 21. Por isso, Christiane organizou uma rotina para a filha, para que ela continue a aprender com qualidade, mesmo que dentro de casa.

    O mundo contemporâneo requer que trabalhemos as dimensões espiritual, intelectual, social, emocional, expressiva, cultural e interacional das nossas crianças: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. Façamos isso em família!” Afinal, para nós, isso tudo é muito mais que uma escola, é um compromisso de vida. Afirma Michele Bachesque, Diretora e Mantenedora do Núcleo Educacional Mariana Ribeiro.

    “Está sendo uma adaptação. Não é fácil. Até pela idade das crianças é difícil fazer com que elas fiquem paradas e prestando atenção, querendo ou não é um ambiente diferente”, explicou Christiane.

    Mas, para a mãe maker, essa foi uma oportunidade de uni-las ainda mais e um dos recursos usados como ferramenta foi o aplicativo ClubeMAKER®, com atividades novas toda semana que trabalham os conceitos da robótica educacional.

    “A Bella adora o ClubeMAKER! É um momento que ficamos juntas também. Ela adora fazer e ver como é que tudo vai se transformar.” As atividades preferidas da Bella até agora, conforme ela mesma relatou para a mamãe, foram: o slime, pensamento computacional e vai e vem.

    E para que esses estudos aconteçam sem sobrecarregar a criança, a dica da mãe maker Chistiane é fazer pausas entre as aulas e atividades on-line, como fazer alongamentos e brincar, por exemplo.

    “Sempre gostei de estar junto, acompanhar e ensinar. Prender a atenção das crianças não é fácil, mas acho que estou me saindo bem como mãe e professora. Ela é uma menina extraordinária.”

    Compartilhe nosso post 🙂