• Whatsapp
  • VIAMAKER® Education: Uma Empresa Amiga da Criança

    A Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos) criou no ano de 1989 a Fundação Abrinq, que é uma organização brasileira sem fins lucrativos, cujo objetivo é mobilizar a sociedade para todas as questões que são relacionadas à defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes.

    Com mais de trinta anos de história, doando amor e esperança, mais de 8,8 milhões de crianças e adolescentes foram beneficiados pela Fundação Abrinq. Além disso, foram desenvolvidos 64 programas e projetos e mais de R$300 milhões foram investidos em ações para eles.

    Por meio dessas ações, a Fundação Abrinq promove o estímulo ao fortalecimento de políticas públicas em prol da infância e adolescência. Uma das principais estratégias é o engajamento de empresas na luta pelos ideais propostos. Com isso, foi criado o Selo Abrinq de Empresa Amiga da Criança.

    “O ASTROMAKER®, programa de Educação Tecnológica e Robótica Educacional da VIAMAKER® Education, se conecta com a missão da Fundação Abrinq. É por isso que a nossa adesão à esta causa foi natural.”

    Afirma Daniel Lorenti, CEO da VIAMAKER® Education.

    Esse programa engaja as empresas desde 1995 para que assumam compromissos garantindo os direitos das crianças e dos adolescentes, dessa forma, sendo reconhecida, por meio do Selo Empresa Amiga da Criança, tendo como principal objetivo o combate ao trabalho e exploração infantil, pois, entende-se que as empresas eram parte do problema, assim elas podem e devem fazer parte da solução!

    Selo Empresa Amiga da Criança, da Fundação Abrinq, nos materiais de Educação Tecnológica e Robótica Educacional da VIAMAKER® Education

    E a VIAMAKER® Education é reconhecida como uma Empresa Amiga da Criança e apresenta em seus materiais de educação tecnológica e robótica educacional, o selo da Fundação Abrinq, com o objetivo de contribuir com os três principais compromissos da Fundação que são:

    • Não explorar o trabalho infantil e não permitir em sua cadeia produtiva;
    • Promover a formação profissional e acesso ao emprego protegido para adolescentes;
    • Realizar ações sociais em benefício de crianças e adolescentes.

    Compartilhe nosso post 🙂