O dia 6 de agosto é uma data mais que especial para nós da VIAMAKER® Education, pois comemoramos a valorização e reconhecimento de pessoas que fazem a diferença diariamente! É o Dia Nacional dos Profissionais de Educação. E para prestigiar essa importante ocasião, reunimos algumas personalidades dessa área tão significativa para homenagearmos toda a categoria.

O prazer em transmitir conhecimento

Ao perceber que poder compartilhar conhecimento para outras pessoas é algo incrível, Vinícius Rodrigues Podadera decidiu tornar-se pedagogo.  Agora ele é professor de robótica educacional há 2 anos no Colégio Parceiro Instituto Nossa Senhora Auxiliadora em Araras.

Vinícius e seus alunos — Foto: Acervo Pessoal

“Os programas educacionais da VIAMAKER® proporcionam aos alunos a possibilidade de desenvolver a criatividade com atividades desafiadoras e motivadoras. Acredito que esse é o futuro da educação.”

Menciona o professor.

“Você tem perfil para ser professora!”

Quando ouviu essa afirmação ainda na infância, Monique Moreira Fernandes Violim nem imaginava que iria exercer essa profissão com tanto carinho e empenho no futuro.

Com 20 anos de carreira no ramo da educação, Monique leciona robótica educacional há 4 anos no também parceiro, Colégio Portal- Éden em Sorocaba no interior de São Paulo. Ela conta que desde criança sempre gostou de conversar sobre coisas diversas e era muito elogiada pela paciência ao ajudar os amigos em dificuldades.

Monique seguiu sua verdadeira vocação: ser professora —Foto: Acervo Pessoal

Convidada pela amiga da tia, a jovem Monique fez um teste vocacional no colégio a onde essa amiga trabalhava. E assim começou uma grande história de amor pela educação, pois lá mesmo foi convidada a fazer uma prova de bolsa para o magistério e passou.

Monique relata que adora trabalhar com o programa ASTROMAKER® com seus alunos e estimular o raciocínio lógico da galera.

“Ver como eles pensam e sentem vontade de realizar o que é proposto, é desafiador e emocionante! Sou suspeita pra falar disso!”

diz a profissional da educação.

“Eu e minha família viajamos para Curitiba, lá visitamos um sítio, onde haviam muitas coisas abandonadas e achamos uma mesa desmontada. Eu e meu filho fomos “xeretar” e era uma mesa de torneio de robótica! Provavelmente usada na Olímpiada Brasileira de Robótica. Perguntamos para as pessoas que estavam por ali e ninguém nunca tinha ouvido falar sobre robótica educacional. Imagina! Tivemos assunto para um dia todo, mas nunca consegui descobrir como aquela mesa foi parar lá.”

Apaixonada pela profissão

Inspirada pelas tias que eram professoras, Ana Maria Meucci Dal Cin decidiu também seguir essa nobre profissão. Atualmente ela é a responsável pelas aulas de robótica educacional no Colégio Laranjal, nosso parceiro em Laranjal Paulista, onde ministra essas aulas há dois anos e meio.

Ana Maria tem muito orgulho da profissão que exerce — Foto: Acervo Pessoal

Entusiasmada e apaixonada pelo mundo da educação, Ana Maria conta que mergulhou nesse universo devido ao interesse pela interação entre os seres humanos, a possibilidade de dividir o conhecimento e também aprender com os alunos.

De acordo com a professora, os pontos mais valiosos do programa ASTROMAKER® são as inúmeras possibilidades que os alunos têm de aprender a trabalhar em grupo, dividir funções, interagir com outras disciplinas e aceitar as trocas de funções, ora líder, ora construtor. Ela também afirma que se surpreende com a determinação dos alunos nas atividades de construção, manutenção e organização do material de estudo e o fato de que os estudantes estão sempre atualizados para acompanhar as evoluções e inovações do mundo, como a Inteligência Artificial, por exemplo. Além, é claro, do fato de contribuírem com a humanidade na criação de robôs que facilitem a vida do ser humano.

A professora também fala com entusiasmo, que essa profissão proporcionou a ela inúmeras histórias curiosas, como alunos que criavam além do que estava planejado e se destacavam mais do que o esperado nas atividades.

Mas o que mais chamou a atenção de Ana Maria é a alegria, disposição e interesse pelas aulas de robótica que os alunos demonstraram. Aquele momento, para eles, era relevante e criativo.

Compartilhe nosso post 🙂