Estudante Miguel, da Escola SER, parceira da VIAMAKER® Education, cantando a música de abertura do Programa ASTROMAKER® Aulas Online


Levar uma educação diferente para um mundo mais igual sempre foi o nosso propósito, afinal, inspirar, criar, servir e multiplicar conhecimento por meio da educação tecnológica é o nosso maior objetivo. Impactar a vida dos estudantes, levando metodologias ativas para as aulas, a fim de que eles sejam protagonistas do próprio aprendizado, fazem parte do Programa ASTROMAKER® Aulas Online.

Com a solução de aprendizagem desenvolvida exclusivamente para as Escolas e Colégios Parceiros da VIAMAKER® Education já no primeiro semestre de 2020, o ambiente de projetos da sala de aula migrou para a plataforma online, onde personagens, como o Prof. Maker Diogo, o Kistache e a Alice Wi-Fi, chegaram para agregar ainda mais significado e conhecimento à aprendizagem dos estudantes, sempre de forma lúdica, colorida e muito divertida!  

Quem gosta bastante do ASTROMAKER® Aulas Online, é o estudante Miguel Freitas Vicentin, da Escola SER, parceira da VIAMAKER® Education, em Campinas. A mãe, Angela Perez Freitas Novelli Vicentin, que acompanha tudo de pertinho e aprova o programa, conta que o filho, que tem transtorno do espectro do autismo (TEA), é apaixonado pelas músicas e atividades lúdicas que são oferecidas durante as aulas.

“O grande diferencial do ASTROMAKER® Aulas Online é que as aulas são bem descontraídas e divertidas, principalmente por conta da música e dos personagens. O Miguel é muito visual e adora música, o mundo da fantasia e os personagens, então, no dia que tem aula de robótica, ele já acorda mais animado só para ver o Prof. Maker Diogo, a Alice e o Kistache que ele tanto adora!”

Diz a mãe, com carinho ao lembrar do filho.
Estudante Miguel, acompanhando a montagem do protótipo no momento criar do Programa ASTROMAKER® Aulas Online


Angela conta ainda que o Programa ASTROMAKER® Aulas Online, contribui também para o reforço positivo com algumas questões do filho.

“Às vezes, eu uso das aulas gravadas para continuar incentivando o Miguel em casa, mesmo depois das aulas, pois, algumas peças que são utilizadas durante as atividades, são parecidas com as que ele também utiliza nas sessões de terapia”.

Com a mudança da rotina escolar, os pais, as escolas e colégios precisaram fazer novas adaptações para continuar levando um ensino de qualidade aos estudantes. A mãe do Miguel explica que no início foi difícil, mas que as coisas foram se ajustando e o programa desenvolvido pela VIAMAKER® Education contribuiu muito nessa jornada.

“Foi difícil para todas as crianças, principalmente porque era algo novo, mas aos poucos, com o auxílio dos educadores, coordenadores e da solução de aprendizagem da VIAMAKER® Education, os estudantes foram se adaptando. A Escola SER respeitou o tempo de cada um, principalmente do Miguel, e com os ajustes sempre que necessários, estamos conseguindo se adaptar ao novo modelo de ensino”.

Destaca Angela.
Angela e o filho, Miguel, durante as aulas do Programa ASTROMAKER® Aulas Online

A coordenadora Bruna Squarizi da Escola SER, diz que foi um desafio para todos lidar com o novo ambiente de ensino, mas as aulas online do ASTROMAKER® foram muito bem recebidas pelos educadores e estudantes, por conta do dinamismo, personagens e ludicidade das aulas.

“A solução desenvolvida pela VIAMAKER® Education está contribuindo e potencializando a aprendizagem, principalmente com as atividades que podem ser realizadas no ASTROCODER®, onde os estudantes embarcam em desafios e aventuras divertidas. Com certeza a plataforma online vai continuar acrescentando e muito nossas aulas, mesmo quando voltarmos com as presenciais e uma coisa é certa: nunca mais voltaremos a ser como éramos antes! A educação avançou em termos de recursos tecnológicos para o processo de ensino e aprendizagem. Educar nossos estudantes para a era digital já era um propósito da Escola SER, onde a VIAMAKER® Education sempre foi uma grande parceira no estímulo do pensamento computacional e lógica de programação, aliado ao desenvolvimento humano”, enfatiza a coordenadora.

Uma surpresa mais que especial!

Neste mês de maio, o Prof. Maker Diogo fez uma participação especial na aula da Escola SER, para o Miguel e os seus amigos do Programa ASTROMAKER® Aulas Online.

O Prof. Maker conta que foi incrível e muito satisfatório o momento que teve com os estudantes, afinal, poder inspirá-los a buscarem mais conhecimento é o seu maior orgulho como educador.

“Foi gratificante participar da aula e conversar um pouco não só com o Miguel, mas com toda a sala e a professora Patrícia! Me sinto muito feliz, como educador, em saber que eu posso contribuir com os estudantes durante o desenvolvimento deles. Ver também que todos os amiguinhos estavam envolvidos e animados com a surpresa para o Miguel foi bem legal, além de ver todo o apoio da mãe e do Gabriel, orientador responsável pela escola, que organizou o encontro com a turma. Foi bom estar do outro lado da câmera um pouco e poder conversar com as crianças que assistem as aulas. Quando eu estava gravando as atividades com a Alice Wi-Fi e com o Kistache, imaginava que teria um efeito, mas não dessa forma, então, se eu consegui deixar o dia do Miguel e dos amigos dele um pouco melhor com a minha visita naquele dia, eu fico muito feliz e agradecido!”

A mãe do Miguel relata que no dia da surpresa seu coração ficou quentinho, pois ela se sentiu muito acolhida.

“Foi um misto de emoção saber do presente que o tio Gabriel, a tia Bruna, que é a coordenadora, e a professora e tia Patrícia proporcionaram para o filho e para a turminha do 4° ano. Foi um momento maravilhoso e muito emocionante para todos, mas ver o Miguel conhecendo o Prof. Maker Diogo, ver que ele era de verdade, porque para ele, o Prof. Maker só existia nas aulas e mesmo explicando e mostrando, ele meio que ainda tinha dúvidas da sua existência, ele sempre falava comigo afirmando, mamãe: o Prof. Maker Diogo é de verdade, sabia?! E quando ele viu que de fato o personagem existia foi muito legal, pois, ele ficou sem saber o que falar ou fazer, foi muita emoção, sem palavras para explicar, ficará para sempre em nossas memórias e, principalmente, no coração do Miguel, por isso, só gratidão a todos os envolvidos da VIAMAKER® Education e da Escola SER que proporcionaram esse momento histórico para ele!”, conclui a mãe.

De acordo com Gisele Tâmega de Camargo, médica pediatra, diversos estudos apontam que os programas que envolvem computadores, jogos educativos, eletrônicos e dispositivos touch screen têm se mostrado ferramentas pedagógicas muito oportunas e podem contribuir significativamente no processo de ensino e aprendizagem dos estudantes com o transtorno do espectro do autismo (TEA), trazendo transformações significativas nas áreas cognitivas, afetivas, emocionais e na comunicação.

Doutora Gisele Tâmega de Camargo – Médica Pediatra

“Os programas de educação tecnológica podem se tornar importantes instrumentos de inclusão educacional, quando conduzidos por abordagens pedagógicas adequadas, como o Programa ASTROMAKER® Aulas Online, que visam o desenvolvimento da autonomia de pessoas com necessidades educacionais especiais, então, dessa forma, muitas pesquisas corroboram para o fato de que esses programas realmente propiciam e facilitam a aprendizagem do estudante com autismo, pois, envolvem diferentes estilos de aprendizagem visual, auditiva e cinestésica, por isso, atividades, além de serem ilustrativas, elas também interagem com os estudantes, instigando, motivando e instruindo-os para o desenvolvimento da coordenação motora e de habilidades funcionais, sociais, intelectuais e de linguagem”, explica a médica.

Ela esclarece ainda que a tecnologia, quando desenvolvida de forma lúdica, colorida e personalizada com músicas, auxilia no processo de neuroplasticidade cerebral, colaborando com mudanças comportamentais, como sorrir ao se relacionar com outras pessoas, maior autonomia, até mesmo para dormir sozinho, o que transforma essas crianças e adolescentes em pessoas mais tolerantes para a parte afetiva e cognitiva. “O fato do Programa ASTROMAKER® Aulas Online envolver música, contribui e muito para a comunicação expressiva, interpessoal e intrapessoal desses estudantes”.

A médica pediatra ressalta também que a inserção de programas tecnológicos nas escolas e colégios, possibilitam novas formas de pensar. “As crianças entram em contato com novos estímulos, o que contribui para o desenvolvimento de habilidades que elas não possuíam anteriormente”, conta a médica.

Para uma educação mais inclusiva e que atenda às necessidades do mercado de trabalho, desenvolver competências comportamentais, cognitivas, socioemocionais, organizacionais e de comunicação é o diferencial e o presente que as escolas, colégios e familiares podem dar aos estudantes, então, vamos investir no futuro deles?


Compartilhe nosso post 🙂